Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Ações e Programas > Ações da Receita Federal > Notícias > 2017 > Fevereiro > 9ª Região Fiscal > Ação integrada entre a Receita Federal e PRF apreende mais de R$ 1 milhão em eletrônicos no Paraná

Notícias

Ação integrada entre a Receita Federal e PRF apreende mais de R$ 1 milhão em eletrônicos no Paraná

Paraná

Três cargas da mesma transportadora foram retidas com aproximadamente 6 toneladas de eletrônicos.
por publicado: 24/02/2017 14h11 última modificação: 02/06/2017 14h55

Em operação realizada por equipe de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em São Luiz do Purunã, município de Balsa Nova/PR, foi interceptado, em 16 de fevereiro, um caminhão de transportadora com grande quantidade de produtos eletrônicos, proveniente de Foz do Iguaçu, no km 139 da BR-277. Após contato da PRF com a equipe do Serviço de Vigilância e Controle Aduaneiro (Sevig) da Inspetoria de Curitiba, informando sobre a documentação encontrada no caminhão (notas fiscais e conhecimento rodoviário), determinou-se o bloqueio da carga junto à transportadora, pois as notas fiscais haviam sido emitidas por empresas já identificadas como “noteiras” (empresas que não possuem endereço válido, nem trabalhadores registrados ou movimentações financeiras condizentes com as supostas atividades comerciais que as notas implicariam).

Com a carga bloqueada, não podendo ser entregue ao destinatário, o caminhão prosseguiu viagem até a sede da transportadora em Curitiba, onde a equipe do Sevig faria a retenção das mercadorias. A informação transmitida pela PRF permitiu a localização de mais duas cargas da mesma transportadora, enviadas pelo mesmo remetente em Foz do Iguaçu, as quais foram igualmente bloqueadas. A operação resultou na apreensão final de 5.905 quilos de produtos eletrônicos na sede da transportadora em Curitiba, realizada pela equipe do Sevig no dia 21 de fevereiro.

Toda a apreensão, composta de memórias, HDs, videogames, câmeras fotográficas, telefones celulares etc, cujo valor estimado ultrapassa R$ 1 milhão, foi levada para o depósito da Inspetoria da Receita Federal.

registrado em: