Você está aqui: Página Inicial > Orientação > Tributária > Restituição, Ressarcimento, Reembolso e Compensação > Restituição > Restituição Decorrente de Cancelamento ou Retificação da Declaração de Importação

Restituição Decorrente de Cancelamento ou Retificação da Declaração de Importação

por Subsecretaria de Arrecadação e Atendimento publicado 06/02/2015 16h38, última modificação 19/07/2017 16h17

Orientações Gerais

Os valores recolhidos a título de tributo administrado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB), por ocasião do registro da Declaração de Importação (DI), poderão ser restituídos ao importador caso se tornem indevidos em virtude de:

I) cancelamento de DI por duplicidade de registro para a mesma operação comercial, de ofício ou a requerimento do importador ou de seu representante legal, eleito com poderes específicos;

II) demais hipóteses de cancelamento de ofício de DI;

III) retificação de DI, de ofício ou a requerimento do importador ou de seu representante legal.

Quem pode requerer

O titular de firma individual, o dirigente da sociedade, sócio gerente, o representante legal, conforme definido nas normas reguladoras do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – CNPJ, ou procurador legalmente habilitado.

Documentação Necessária

1) Pedido de Restituição de Direito Creditório Decorrente de Cancelamento ou de Retificação de Declaração de Importação.

2) Cópia simples do contrato social e última alteração contratual.

3) Na hipótese de o pedido ser formulado por representante do sujeito passivo, o requerente deverá encaminhar à RFB procuração conferida por instrumento público ou por instrumento particular com firma reconhecida.

Local para Apresentação do Requerimento

A retificação e o cancelamento de DI, bem como a restituição dos valores recolhidos indevidamente a título de tributo administrado pela RFB, serão requeridos à Unidade de Atendimento onde se processou o despacho aduaneiro.