Você está aqui: Página Inicial > Acesso Rápido > Direitos e Deveres > Educação Fiscal > Ações > Autoatendimento Orientado > 2018 > Abril > Turma de Ciências Contábeis da Universidade Castelo Branco visita CAC Centro Cidadão

Notícias

Turma de Ciências Contábeis da Universidade Castelo Branco visita CAC Centro Cidadão

Visita guiada é fruto do programa de Educação Fiscal da 7ª Região Fiscal.

por publicado: 02/04/2018 15h52 última modificação: 02/04/2018 16h29

O CAC Centro Cidadão, vinculado à Delegacia da Receita Federal/RJ1, recebeu a visita de uma turma de Ciências Contábeis da Universidade Castelo Branco (UCB), campus Realengo, conduzida pelo professor Bruno Campos, daquela instituição. O grupo foi recebido e ciceroneado pelo próprio chefe do CAC, Andreas Michalka, que estava acompanhado pelos representantes regionais do Programa Nacional de Educação Fiscal (PNEF), Ângela Novaes e Vicente Bruno de Oliveira, ambos lotados na Divisão de Interação com o Cidadão (Divic) da 7ª Região Fiscal da Receita Federal.

Após dar as boas-vindas aos visitantes, Andreas fez uma preleção em que expôs a diferença entre os três tipos de atendimento que os contribuintes podem ter nos CACs: 1) atendimento previamente agendado; 2) atendimento na triagem sem agendamento (para alguns serviços apenas); e 3) autoatendimento orientado. Em seguida, percorreu todas as dependências da unidade mostrando aos jovens como o atendimento na Receita Federal acontece na prática.

“É enriquecedor para os alunos ver como funciona um Centro de Atendimento da RFB, e eu aproveito para divulgar bastante o autoatendimento, pois eventualmente alguns poderão querer fazer estágio em um dos CACs do Rio de Janeiro”, disse Andreas, e completou: “Aí eles poderão ver as dificuldades do atendimento presencial, que é algo que não se aprende em sala de aula”.

Para Vicente Bruno, da Divic, “O projeto Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) junto à UCB é muito positivo porque permite o atendimento a uma população hipossuficiente na região onde se encontra o campus da universidade, e uma visita como essa é especialmente importante porque tende a reduzir o retrabalho, já que se tratam de futuros profissionais da área”.

Na mesma linha manifestou-se o professor Bruno Campos: “Acho essa visita muito interessante porque nossos alunos poderão conhecer de perto a forma de atendimento nos CACs da Receita Federal e aplicar esse conhecimento no NAF de nossa universidade, proporcionando, assim, a uma população de baixa renda que não tem como recorrer a um escritório de contabilidade, a oportunidade de receber a necessária orientação contábil-fiscal”.